Terça-feira, 12 de Setembro de 2006

"Viagem... " (2ª parte)

Sorriste-me de volta.

Assim que cheguei perto de ti, abraçamo – nos como apenas nós sentíamos aquele abraço cheio de sentimento, como se transportássemos para aquele gesto tudo o que nos unia apesar de estarmos longe um do outro, e de nada fazer sentido numa relação como a nossa, mas que sempre íamos alimentando com fé e esperança de um dia tudo mudar. Beijamo-nos de igual modo, os nossos beijos sedentos dos nossos lábios que se uniam sempre com tanta vontade e tanto desejo que ao fim de cada beijo, os nossos lábios ardiam, ficavam sôfregos de tanto que era o nosso anseio.

Acalma-mos um pouco antes de entrarmos para o bar, o meu rosto rosado da fricção da tua barba deixava-me incomodada mas ao mesmo tempo era o aclamar de dois corpos que se queriam fundir, mesmo ali à porta daquele botequim.

Entramos, e naquele espaço o fumo pairava no ar, apesar da pouca luz que apresentava, via-se um balcão ao fundo dessa sala do lado esquerdo, onde alguns rapazes de tenra idade se inclinavam sobre ele para pedirem bebidas a um outro homem, mais maduro, com um rosto que fazia denotar uma vida feita sobretudo à noite, já à bastante tempo. Do outro lado algumas mesas redondas estendiam-se  ao longo da sala, e mais à direita estava um pequeno palco de madeira improvisado, embora estivesse vazio, parecendo aguardar já à algum tempo uma banda que teimava em não aparecer. Mais perto do bar e da porta estava uma mesa de bilhar, onde estavam um grupo de rapazes e raparigas a jogar e a bebericar cerveja rindo às gargalhadas de algo dito anteriormente.

Dirigimo-nos ao bar e pedimos duas bebidas enquanto ouvíamos a música um pouco alta para aquele espaço, mas que parecia não incomodar ninguém, excepto nós. Falamos, sorrimos, trocávamos olhares que nos denunciava, dançamos ao ritmo de uma música rock já um pouco antiga, roçamo-nos descaradamente sem nos importarmos com os olhares subtis de quem estava à volta mas que não nos passaram despercebidos, provocando em nós, mais vontade ainda de atiçar, mais desejo, mais loucura.

- Hoje tenho uma surpresa para ti. – Disseste – me ao ouvido, de maneira a conseguir ouvir no meio daquela musica ensurdecedora.

- O que é?

- Já vais ver…

Pegaste-me pela mão, pagámos as bebidas e saímos do bar.

O frio parecia facas a espetar-nos a carne, tiritava os dentes de tão gelada que fiquei nos instantes a seguir, não se podia estar muito tempo na rua, abraçando-me para me protegeres do frio encaminhaste-me para a porta da pensão onde estavas hospedado.

- Entra…

  • ps. Vai ter uma terceira parte, lógicamente, pelo que espero aumente a vossa curiosidade em relação a este desfecho...
: na expectativa...
Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
20 comentários:
De Fernando a 12 de Setembro de 2006 às 10:59
Não sei porquê, mas isto está parecido com os Perdidos: Quanto mais sabemos, mais queremos saber...


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 12:44
Até pode ser , mas existim pormenores que não quiz que passassem em branco, pensa nisto mais como uma novela mexicana... ahahahahah...


De Fernando a 12 de Setembro de 2006 às 17:29
Não me digas... Mesmo daquelas mexicanas dobradas em brasileiro?


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 19:51
Exactamente... acertaste me cheio!



De Vera a 12 de Setembro de 2006 às 11:07
Bolas... ainda 3ª parte? Que tal serem rápidos?
É que aqui não é como os livros em que podemos ir espreitar o fim...


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 12:45
A rapidez é a inimiga nº 1 da perfeição... e quanto mais durar,maior é o suspense.. :)



De FM a 12 de Setembro de 2006 às 12:18
é já hoje??? sim??

vá lá vá lá vá lá....


BJ

FM


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 12:47
Está para breve,não deve demorar muito... A história que virá a seguir também é muito boa... disso te posso garantir.. ;)



De ZePedro a 12 de Setembro de 2006 às 13:11
Pois como sempre estes extractos das histórias reavivam memórias passadas, aquelas pequenas coisas que estão na nossa mente e que necessitam de um click para virem á tona neste caso um ambiente da noite na chamada provincia memórias passadas bons momentos vividos mas o desfecho para mim é esperado agora a surpresa... essa tal de surpresa é que me deixa com vontade de ler pois sabemos muito bem o que vai acontecer não será novidade para ninguem mas como vai acontecer isso sim é o que dá brilho e imensa vontade de ler
Continua....


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 13:48
Sim, sexo é mais que evidente, o que dá uma certa magia é como tudo isso se desenrola,da maneira como sentimos as coisas, e é isso que tento transmitir,embora não seja a mesma coisa, viver as experiencias, ou le-las na boca dos outros,como é evidente, mas podemos tentar que o conto, seja visto na mente de quem nos lê como se fizessem parte da historia, mesmo apenas como observadores...


De ZePedro a 12 de Setembro de 2006 às 14:19
Observadores sim mas se calhar ainda mais do que isso... voyeurs
Mas é bom sim


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 19:50
Se eu achasse que teria algum problema em contar alguma coisa, nunca criaria este blog... e apesar da componente sexual, o que mais me atrai é mesmo a escrita, as narrações, o poder de observação ...


De marisa a 12 de Setembro de 2006 às 16:17
malandreca keres por tudo aki em suspense... isso nao esta bem hehehe


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 19:46
Se fizesse em duas partes,ia omitir pormenores,assim cria um pouco mais de suspense...



De libertynus a 12 de Setembro de 2006 às 22:48
hummm tesão


De FlordeLis a 12 de Setembro de 2006 às 22:51
também ja vi o teu desfecho,magnifico mesmo ao teu estilo...



De joao filipe ferreira a 13 de Setembro de 2006 às 19:11
gostei do post:) eheheh
como ves continua a vir cá ler....e gosto sempre:)


De FlordeLis a 14 de Setembro de 2006 às 09:02
Caro João...
O que importa é que gostes de cá vir porque gostas de ler... Isso de GOSTAR SEMPRE já não me soa tão bem...



De Ana a 14 de Setembro de 2006 às 16:07
Espero que me perdoem a intromissão neste espaço que confesso tenho visitado com interesse e só hoje me atrevi a comentar, mas este conto em capítulos tem despertado a minha atenção e se o desfecho se adivinha, os pormenores têm aguçado a minha curiosidade. Este conto desperta os sentidos. Aguardo com expectativa o final e com mais ainda os pormenores.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Espero que me perdoem a intromissão neste espaço que confesso tenho visitado com interesse e só hoje me atrevi a comentar, mas este conto em capítulos tem despertado a minha atenção e se o desfecho se adivinha, os pormenores têm aguçado a minha curiosidade. Este conto desperta os sentidos. Aguardo com expectativa o final e com mais ainda os pormenores. <BR class=incorrect <a name="incorrect">Bj</A> </A>Ana


De FlordeLis a 14 de Setembro de 2006 às 20:19
Ana, sê be vinda a este blog, também... já te deixei uma resposta no "pensamentos" em relação ao teu comentário, e espero que vejas esta também.. (ah, e sim podes me tratar por tu, e deves!!!)...
Bem, não sei se vai corresponder às expectativas, mas o que se passou foi bem real, e no fundo o que me atrai é realmente os pormenores nas descrições..
Já leste livros do Nicholas Sparks? Identifico muito a minha escrita com a dele...



Memoriza comigo...

Memórias Recentes

...

Para ti...

Fonte

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006