Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Viver

Se. Mas. Talvez. Porém. Contudo.

São palavras que por si só contém uma conotação de incerteza, uma indecisão, uma incógnita dependendo sempre do contexto em que estão inseridas, obviamente, mas que na generalidade quando inserida em qualquer frase dita banal revela mais de nós do que realmente poderiamos até pensar. Revelam a nossa indecisão perante os nossos gostos, revelam incertezas perante as decisões que tomamos durante a vida, perante os nossos actos, perante ate nos próprios.

Por vezes é complicado fazer com a que a nossa opinião prevaleça em detrimento da opinião geral, mas são esses pequenos desafios que enfrentamos diariamente que fazem a diferença, basta por vezes conseguir colocar aquela dúvida razoável, para fazer a diferença, ou pelo menos sentir essa hipótese.

Na realidade a vida não espera pelas nossas decisões sejam elas as mais acertadas ou não, e muito menos por reflexões demoradas, sejam elas necessárias. Ou não.

A vida não para, simplesmente.

É como a agua que corre no rio.

É como o dia se transforma inevitavelmente em noite…

 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
4 comentários:
De Secreta a 18 de Outubro de 2007 às 09:49
De facto a vida não espera. Bem pelo contrário , corre por vezes demasiado rápido e quase não a conseguimos acompanhar.
As dúvidas , as incertezas vão fazer sempre parte de nós e vão manifestar-se em vários momentos da nossa vida. Só nos resta aceitar isso e tentar , mesmo com esses "Se. Mas. Talvez. Porém. Contudo." , viver a vida intensamente.
Beijito.




De Gollum a 18 de Outubro de 2007 às 10:39
Não serão antes palavras sábias essas? De quem paulatinamente vai fazendo e não escorregando....


De Cris a 18 de Outubro de 2007 às 12:43
Na minha humilde, mas sincera opinião, tu és daquelas pessoas que saberão sempre viver, no verdadeiro sentido da palavra e mesmo que por vezes penses que a vida passou rápido demais ou demasiado lenta, saberás que não foi por acaso, houve um qualquer motivo para isso..
Continua a saber viver bem, como me pareçe saberes.
Bjs
Cris


De a 19 de Outubro de 2007 às 16:16
Não são essas indecisões, incertezas, incógnitas que nos fazem trilhar o nosso caminho da vida? As decisões são como o ar que respiramos... essenciais à vida e muitas delas são tomadas de uma forma automática, tal como respirar, em que não pensamos muito na causa-efeito desse inspirar e expirar que nos bombeia o sangue e nos irriga o coração e a mente!... Mas mesmo as mais pequenas decisões, sejam elas automáticas, ou muito ponderadas, têm as suas consequências e ditam qual o ramo da arvore da vida estamos a trilhar!...
Beijo, Bonsae


Memoriza comigo...

Memórias Recentes

...

Para ti...

Fonte

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006