Quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

"Querido rádio"

Engraçado quando por vezes num qualquer momento, sem motivo aparente, nem por razão nenhuma nos vem à memória pequenos fragmentos do passado que julgávamos esquecidos, e que realmente assim estariam se não fosse, num determinado instante ter tocado uma musica, esta musica, que se tornou um clássico ao longo do tempo, e que se não o é para alguns, para mim será concerteza.

O que vos quero contar em jeito de uma passagem da minha vida é que os meus pais tinham um rádio, que sendo uma novidade naquele tempo, faziam as delicias lá de casa, a seguir veio a televisão a preto e branco, e deixou-se um pouco o rádio de lado mas isso agora não interessa nada. Era daqueles com muitos botões completamente rectangular, enorme, e espalmado. Não vos sei explicar melhor, apenas o consigo visualizar na minha mente, e recordo-me das cassetes que os meus pais possuíam em jeito de colecção e que insistiam em faze-las tocar repetidas vezes. Ora numa delas estava precisamente uma em que constava esta canção. Lembro-me de ficar espalmada contra o móvel, apoiada no mesmo onde habitava esse mesmo rádio, ali, inerte à espera de um comando nosso, durante muito tempo. Havia também um gravador incorporado em que a minha mãe, me obrigava carinhosamente a falar fazendo perguntas insistentes para me fazer conversar, lembro-me de mais tarde, ouvir essas mesmas cassetes onde ela guardou esses momentos. E a cada vez que ouvia aquelas gravações caseiras que a minha mãe fazia, um sentimento de saudade permaneceu em mim como esta recordação permaneceu ao longo deste tempo.

O passado faz parte de nós quer queiramos, quer não e isto ficou evidente para mim, porque alem da recordação que recuperei, o rádio ainda existe, e funciona… J

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
4 comentários:
De Sutra a 4 de Outubro de 2007 às 01:02
:-)
Recordações do passado. Tenho um rádio desses antigos na minha arrecadação e já há algum tempo que penso em recuperá-lo, mas tenho de o entregar a quem saiba arranjar. Daqueles rectangulares baixinhos, caixa em madeira, botões grandes de calcar. Que giro :-)

Bj doce


De Fernando a 4 de Outubro de 2007 às 19:48
Parece-me a mim que falta aqui a voz da Sheena Easton para a coisa ser mesmo revivalista...


De Zorba, O Buda a 5 de Outubro de 2007 às 19:47
Saudades... passado que é passado lá permanece dentro do baú*


De FlordeLis a 6 de Outubro de 2007 às 00:42
Ora viva!
Gostava muito de comentar no seu blog, mas enquanto apenas usuários da blogspot puderem comentar, é-me impossível faze-lo.
Contudo, aqui deixo a minha resposta :
Não concordo com a sua afirmação , pois tenho a certeza que o passado vem ao de cima, em alguma altura da nossa vida.
Ah, e eu de certeza que não vou morrer cedo segundo as afirmações deixadas no seu post ...



Memoriza comigo...

Memórias Recentes

...

Para ti...

Fonte

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006