De talvez um dia a 27 de Setembro de 2007 às 23:31
Hoje


Abro os olhos,
Sinto o ontem
Como um passado distante.
Respiro a brisa,
Inebriado,
Amante...
Quero sentir
Tudo o que esse Ontem
Me fez sonhar.
Quero acordar
Ao lado de Ti,
E acreditar
Que sim, que sou capaz
De seguir em frente
Sem olhar para trás.
Sem ter medo
De arriscar
De seres meu segredo,
Não, não quero adormecer!
E o hoje
Ontem passar a ser
E Tu ai,
E eu aqui,
Aqui sem te Ver...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.