Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Consciência

Hoje, Domingo, dei por mim a ler o que é dos outros, nos blogs que percorro não com a frequência que desejaria, mas sempre que me é permitido, e deparei-me com um que já não visitava a algum tempo, normalmente não tenho o costume de apreciar o que escrevo, nem da maneira como o faço, porque acho sempre que não tem interesse para quem me lê, mas hoje, ao ler aquele blog, não pela falta de qualidade do mesmo, porque não é disso que se trata, até bastante pelo contrario, dei comigo a apreciar os meus textos e da maneira como me expresso nos mesmos. Senti aquele particular prazer que sentimos quando gostamos mesmo daquilo que fazemos e que nasceu de nós em algum momento com mais ou menos criatividade mas que floriu de nós. Percebi nesse exacto instante, porque é que escrevo e porque e que há quem goste de me ler.

A verdade é que somos tão exigentes em relação a nos próprios que nos esquecemos de dar o devido valor ao que criamos, preferindo apreciar e dar a nossa opinião ao trabalho dos outros, porque é bem mais fácil valorizar o que não é nosso do que aprendermos a gostar do que partilhamos e do que nasce de nós.

Sentimos necessidade de ouvir e de saber qual a opinião das outras pessoas, porque não confiamos nos nossos próprios instintos, e normalmente não concordamos com o que nos é dito, porque achamos que nos são ditas para lisonjear.

Mas hoje fui eu que me dei valor.

Fui eu que me reli nas minhas próprias palavras e gostei do que senti... J

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
4 comentários:
De baraújo a 21 de Agosto de 2007 às 14:02
ola.

ola, porque foi longa a minha ausência...
ola... porque os caminhos por vezes cruzam-se e só depois nos apercebemos...
ola... e até breve com um beijo doce.


De FlordeLis a 21 de Agosto de 2007 às 14:25
Olá, que bom ter um ar da sua graça por aqui, finalmente um sinal de vida!
É sempre bom ve-lo por cá, fico muito contente, sinceramente...

e espero mais visitas para breve!


Memoriza comigo...

Memórias Recentes

...

Para ti...

Fonte

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006