Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2006

Pinto-te

Pinto-te.

No meu caderno de apontamentos, pequeno diário que trago sempre comigo. Registos infantis, algo importante, apenas memorias. Esboço um sorriso, preencho-te as feições com cores quentes, cores que preencheram a alegria de um momento. Relembro-me de ti assim. Alegre, infantil por vezes. Os traços da tua vida demonstram filosofias que apenas a ti pertencem, maneiras de comandar uma existência, uma solidão que manténs viva, uma paz apenas imaginária e fugaz. Aquele grito de criança acorda-me de um sonho. Um sonho feliz e intemporal. Esse sonho que se construiu. Palavras vãs e fugazes, sem qualquer sentido, demonstram a fraqueza dos corpos e de uma alma. Assim como a de uma vela acesa ao mais leve sopro se apaga. A que não revelas. A que apenas eu conheço. Será mesmo que conheço? Aquela que menosprezaste em detrimento de uma realidade, da tua realidade. Não é a minha. Apenas aceitaste o que já era evidente. Choras em silencio. Perdoou-te sem querer, apenas aceito o destino. Aceito algo que nunca vou aceitar, sinto-me ferida, perdida no escuro. E quando me apetece, encontro-te sempre naquele pequeno caderno que guardo comigo, sempre sorrindo. Sempre presente, sempre ali olhando para mim. E sim. Olho-te. Perco-me entre linhas mal definidas mas que marcaram um cruzamento entre duas vidas que se uniram e se separaram tão depressa como uma brisa que passa e já ninguém a recorda….

Naquelas linhas. Naquela folha. Naquele caderno. Velho. Gasto. Apenas meu. E ali guardo-te. Feliz. Traquina. Sorridente.

 

 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 21:13
| Vossas memórias
8 comentários:
De ZePedro a 28 de Dezembro de 2006 às 09:10
A vida é sempre feita de opções.
Umas vezes nossas outras vezes dos outros com quem nos cruzamos, umas vezes tendo em conta o nosso sentir outras vezes tendo em conta o sentir de terceiros e por outras vezes tendo em conta as pressões de um modo de estar da sociedade.
No meu ver as opções devem ser feitas de acordo com o nosso sentir, não arrebatadas mas ponderadas, tendo em conta os maus efeitos que possam provocar em alguem mas minimizando-os ao máximo, mas sempre com base no que realmente se tem a certeza que se sente e nunca baseados em dúvidas do que poderia acontecer.
Em vez de comentar acabei por expor um modo de ser e de estar mas não deixa de ser um complemento ao que se encontra escrito de uma outra forma.
Ainda não te libertastes completamente mas era algo que deverias fazer pois diz-me a experiencia que esse tipo de repisar não leva a nenhum caminho, é apenas uma ideia, a minha ideia mas aqui fica.
Um beijo


De melinha a 28 de Dezembro de 2006 às 16:16
belissimo! mto bem escrito com um sentimento profundo em cada palavra amei!
bjinhos e um bom ano


De marisa a 28 de Dezembro de 2006 às 17:01
keria deixar um gde beijo de boas festas a esta menina k tanto gosto de ler mas tenho andado super ocupada para vir aki ler estas coisas lindas k escreves

beijocas


De baraujo a 28 de Dezembro de 2006 às 17:31
entao digo-te n percas o caderno!

pois ele é quem te abraça nos momentos maus para te consolar
pois ele é quem te dá o ombro para chorar
mas tb te abraça qd és feliz nos pequenos nadas da vida...
e qd te entra na alma através do olhar, sabes que ele é o teu maios confidente... nos cruzamentos q a vida nos leva e q nos temos de escolher...

por tudo guarda-o, pois ele n se keixa... e como dizes, tá sempre a sorrir....

jinhos doces


De John Lemmos a 30 de Dezembro de 2006 às 14:31
........|000|... Para ti e toda tua
........|000|... Família...
........|000|...
........|000|...
.........\00 /.... Muitas FELICIDADES...
..........\0/..... PROSPERIDADE....
...........||...... VIDA NOVA nesse novo ANO!!!
...........||......
...........||...... SAÚÚÚDDDEEEE...
.........._||_.....FELIZ ANO NOVO !!!

........ |000|... Pra você Claudia e toda sua
........ |000|... Família...
........ |000|...
........ |000|...
........ \00/.... Muitas FELICIDADES...
..........\0/..... PROSPERIDADE....
...........||...... VIDA NOVA nesse novo ANO!!!
...........||......
...........||...... SAÚÚÚDDDEEEE...
........._||_.....FELIZ ANO NOVO !!!

**beijos**


De Manuel a 30 de Dezembro de 2006 às 17:46
Olá.
E por aqui andei. A musica é muito bonita. Deixa-nos com alguma melancolia, mas obriga-nos a meditar. E a fantasia do momento?... Será que vale a pena fantasiar...
Desejo que fiques bem. E que haja felicidade, nem que seja aparente, será uma felicidade aparente...
Felicidades.
Beijinhos.
Manueç


De John Lemmos a 30 de Dezembro de 2006 às 21:10
eu sei... foi engano e peço desculpa LEONOR

**outro beijo**


De Vera a 31 de Dezembro de 2006 às 02:48
Beijinhos, beijinhos e mais beijinhos!
Muita felicidade para 2007!


Memoriza comigo...

Memórias Recentes

...

Para ti...

Fonte

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006