Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

...

 

Uma história de um casal comum,igual a tantas outras. 

Vamos chamar-lhes a ela Maria. A ele Luis.  Duas personagens. Duas histórias que se cruzam.

 

 

Senti-o chegar.

O silêncio quebrou-se quando estranhando a escuridão entreabriu a porta do quarto cuidadosamente.

Respirava-se sensualidade naquelas quatro paredes misturada com o aroma a jasmim e a rosas que as velas deixavam, um estreito trilho de pétalas mostrava-lhe o caminho da porta até à brancura do corpo que jazia no seu leito apenas coberto com algumas pétalas brancas e vermelhas que colocadas estrategicamente conseguiam permanecer ainda no mesmo sítio. Luis abriu a porta completamente. Sorriu ao admirar o cenário e demorou mais algum tempo a contemplar o ambiente em que Maria estava rodeada. Dirigiu-se até ela e no meio de apenas alguma luminosidade que as velas davam aquela divisória conseguiu detectar em que posição Maria se encontrava, deitada de lado, apoiada apenas num dos cotovelos, aguardando pela sua chegada apenas com um copo de vinho que segurava com uma das mãos. Chegou-se até aquele corpo, sentou-se e tocou-lhe como que à procura e brincando aleatoriamente ia retirando pétala apos pétala, com a ponta dos dedos, muito devagar. Não parecia ter pressa em descobrir se haveria mais algum tipo de surpresa ate porque estava completamente embebido no ambiente que Maria lhe tinha sido preparado a pensar naquele dia especial para ambos. O seu toque arrepiava-a e parecia prolongar-se á medida que cada dedo roçava na sua pele, ela tentava adivinhar onde ele lhe tocaria a seguir. Mas Maria tinha algo mais à sua espera, algo que não sabia até que ponto Luis aceitaria ou não, até porque em conversas anteriores, ele tinha dito que seria improvável acontecer. Pelo menos com ela. Nesta noite Maria estava disposta a arriscar, estava disposta a ver a sua reacção, até onde Luis estaria disposto a ir, ou até onde se deixaria levar...

 

(...)


Escrito por FlordeLis às 21:42
| Vossas memórias
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Veste -me


Escrito por FlordeLis às 18:10
| Vossas memórias
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

Hipnose

 

Hipnotizas-me.

Sempre que me olhas com esse olhar sedutor que me devora lentamente sem pressas no que vai acontecer a seguir. Sempre que fixas a tua atenção em mim e me fazes perceber isso mesmo, pela maneira como sentes que a minha pele se arrepia contigo por perto. Sempre que as nossas línguas se cruzam e se entregam a longos e prolongados toques que nos aquecem mutuamente e ignoram o frio que nos envolve. Sempre que te seduzo com o meu olhar e me sinto envolvida na profundidade do teu. Sempre que o meu corpo procura o teu nas suas profundezas, nos mais recônditos momentos de entrega.

Sempre que a minha alma rodopia com a tua numa dança que apenas nós conhecemos os passos!


Escrito por FlordeLis às 15:55
| Vossas memórias

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Categorias

amigos(1)

aniversário(1)

ano novo(1)

contos(50)

dedicação(1)

desafios(2)

diário(74)

memórias(5)

musicas(1)

nadas(1)

natal(1)

páscoa(1)

pensamentos(16)

pequenos nadas(3)

poesia(20)

prémios(2)

registos(7)

todas as tags

Protected by Copyscape Duplicate Content Protection Tool