Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

Quero-te assim....

 

 

 

Quero-te assim. Eleva-me aos píncaros. Leva-me ao culminar do desejo. Do meu prazer ! Eu te farei o mesmo ! .... Basta pedires! ;)

 

 


Escrito por FlordeLis às 20:57
| Vossas memórias | Devaneios (1)
Segunda-feira, 20 de Dezembro de 2010

Conto XVI Parte

A cabeça de Pedro estava num turbilhão.

O que é que tinha acabado de acontecer? Porque é que tinha acontecido sequer? Não se poderia envolver com ninguém, não, isso não poderia acontecer. Não queria deixar ninguém entrar no seu mundo, mundo esse que tivera tanto cuidado em resguardar ao longo destes dois anos desde que veio para aquele lugar, e que pretendia que assim se mantivesse. Apenas uma pessoa sabia o que se tinha passado com ele, e que por sinal era um homem, João, o dono da tertúlia onde tinham almoçado, que se tinha revelado um verdadeiro amigo, e que já o tinha ajudado uma ou outra vez em situações mais complicadas da sua vida, e para ele chegava-lhe. Por outro lado, soube-lhe bem aquele beijo, algo que não experimentava a algum tempo, e com aquela quase estranha, que ate o nome não era verdadeiro, mas que tão bem o tinha feito falar, abrir-se com ela, pelo menos em alguns aspectos, não todos claro, pelo menos não nos mais importantes. Mas que de alguma forma se sentia impelido a faze-lo.

Eu estava apreensiva, não sabia se estava bem, se aquilo o iria assustar ainda mais, mas pela intensidade do beijo tinha percebido que também era esse o seu desejo, mas agora naquele silencio, já não tinha tanta certeza se tinha agido de uma forma aceitável, aos seus olhos. Parecia assustado com aquele meu acto, mas ao mesmo tempo curioso. Mas ainda era uma incógnita para mim. E não sabia o que pensar, nem sequer o que estaria a acontecer ao certo, mas a verdade é que tinha querido faze-lo e tinha-o feito, e agora não sabia o que lhe dizer, ou sequer o que pensar, ou ate o que fazer a seguir. Sabia sim, que me apetecia conhece-lo melhor, partilhar com ele o que o preocupava ou os segredos que parecia esconder, as suas origens, porque morava ali sozinho, porque se tinha tornado pescador e ate o que escondia aquele pano que cobria aquela tela que estava tão religiosamente reservada dos olhares alheios.

Entre o que eu queria e o que queria Pedro, haveríamos de encontrar um meio-termo e eu estava disposta a consegui-lo, apenas não sabia ate que ponto estaria Pedro receptivo às minhas investidas.


Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
Domingo, 19 de Dezembro de 2010

Prazer

 

 

Segue-me

Até ao meu leito

Pressente as ondas

Que ainda estão por vir

Pressinto o gesto

Quero sentir

O que de ti vem

Verte em mim

O que de ti aflora

É chegada a hora

De mais uma caminhada.

Não digas mais nada,

Deixa-te emergir!

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 13:03
| Vossas memórias
Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

16 Dez

 

Celebro sempre este dia.

Se por vezes não te dou a saber que me recordo ou não, não é porque não me lembre.

É porque nunca me esqueci.

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias
Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Ilusão

 

Perder por completo uma Ilusão é quando a vontade que tivemos em voar resultou em queda livre! LR


Escrito por FlordeLis às 15:28
| Vossas memórias

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Categorias

amigos(1)

aniversário(1)

ano novo(1)

contos(50)

dedicação(1)

desafios(2)

diário(74)

memórias(5)

musicas(1)

nadas(1)

natal(1)

páscoa(1)

pensamentos(16)

pequenos nadas(3)

poesia(20)

prémios(2)

registos(7)

todas as tags

Protected by Copyscape Duplicate Content Protection Tool