Sábado, 14 de Março de 2009

Página


 

 

 

 

 

Viro a esquina;

Reviro a pagina.

Viro a vida do avesso,

Viro e rodopio em torno

De uma vida,

Que não vivida

Estagnou.

Não sarou.

Aberta

Tal ferida infectada.

Contaminada.

 

 

 

Posso revirar
O que já vivi.
Mas não acho
O que ficou.

O que sarou

Ficou esquecido.

O que magoou

Não voltou.

Pois de nunca dali saiu.

Paro.

Escuto.

Sussurro no tempo

Palavras da vida,

Que o vento

Assim levou.

Podes vir

Mas não me tragas

As memorias.

Lembra-me apenas

Em que parte da historia.

Eu morri.

 

 

 

 

 

 

 

 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 02:00
| Vossas memórias | Devaneios (1)
Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Conto (4ª parte)

Quem seria aquela hora?!

Pensava eu, enquanto vestia o robe e tentava com alguma impaciência e aborrecimento alcançar a porta.

Ou a minha amiga, o que duvidei e meti essa hipótese logo de lado, pelo menos tinha quase a certeza que não apareceria sem avisar.

Ou tu, com alguma desculpa esfarrapada que não me apetecia de todo ouvir, nem nessa noite nem nunca mais. Chegou o que tinha visto. Era mais que suficiente.

Aproximei-me devagar, sem dar a entender que possivelmente poderia estar em casa.

Vi um vulto masculino que se encontrava agora mais afastado da porta. Bem vestido com ar jovial, mas com um rosto bem masculino e delineado parecendo esperar pacientemente uma resposta do outro lado daquela porta…

- Sim, posso ajuda-lo?

Perguntei eu, do outro lado um pouco receosa.

Assim que ouviu a minha voz, aquele vulto virou-se em direcção à porta e pude apreciar com mais atenção agora, os traços do rosto masculino que estava mesmo ali a minha frente apenas separado por aquela porta.

- Desculpe… bem… parece que me enganei. Estava à procura do João.

- João? Não, aqui não mora nenhum João.

A minha resposta soou-me mesmo a mim, demasiado seca, e do outro lado, a recepção dessa mesma resposta parecia ter soado da mesma forma, pois a sua reacção foi seca também e com algum embaraço.

- Desculpe então, foi engano.

E assim como o disse, deu meia volta na direcção do elevador, e nos instantes seguintes consegui ainda visualizar aquele vulto que agora sim, dava para apreciar todo por completo, e que no meio de um dia que parecia que ia acabar mal, ate não… estava agora com uma vista deveras apelativa e que apreciava antes que desaparecesse naquele que seria o meio que o levaria para longe da vista.

Deu ainda para apreciar as suas mãos, o seu jeito descontraído, os seus cabelos curtos irreverentes, a sua expressão de impaciência enquanto esperava.

Secretamente desejei que esse tal de João morasse ali no prédio. Sorri.

Quem saberia se não voltaria a cruzar-me com este pedaço de homem?

Bem, aquele homem já tinha desaparecido e eu voltei aos meus pensamentos.

Por sinal pouco entusiasmadores.

Seria agora que iria dormir e esquecer que aquele dia tinha realmente acontecido tirando aquele ultimo episodio que me tinha deixado bem mais animada.

 


Escrito por FlordeLis às 14:43
| Vossas memórias
Terça-feira, 3 de Março de 2009

Férias

Para a semana que vem..............

 

 

 

 

recados do orkut 
 



Finalmente!


Escrito por FlordeLis às 23:29
| Vossas memórias

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Categorias

amigos(1)

aniversário(1)

ano novo(1)

contos(50)

dedicação(1)

desafios(2)

diário(74)

memórias(5)

musicas(1)

nadas(1)

natal(1)

páscoa(1)

pensamentos(16)

pequenos nadas(3)

poesia(20)

prémios(2)

registos(7)

todas as tags

Protected by Copyscape Duplicate Content Protection Tool