Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Dream...

Já não me recordava da ultima vez em que me senti assim.
Um desejo inconsciente percorria-me a pele, escorria-me um suor frio pelo corpo naquela noite de quase Verão. A janela entreaberta deixava passar uma brisa fresca característica daquelas noites que antecedem um dia quente, e sentia-me húmida, completamente entregue a sonhos que agora acordada não conseguia me lembrar. Não sei o que estaria a sonhar, apenas sentia aquele turbilhão de sensações à flor da pele que se notavam nos meus mamilos rijos, deliciosos que pareciam saber bem o que queriam naquele momento, bastaria algumas carícias para os atormentar ainda mais. Senti que se quisesse teria um orgasmo delicioso logo ali, tal era a força de um desejo que quase me cegava. E que implorava para o satisfazer com brevidade. Apertei-os, senti-os enquanto me permitia a esta tortura, e durante alguns momentos senti uma necessidade enorme de não me conter, de entregar-me ao prazer, de sentir as minhas mãos, enquanto segurava um tesão que me estava a corroer por dentro.
Num segundo levei as minhas mãos ao que tenho mais de secreto, e senti o desejo a crescer, prestes a explodir, coloquei um dedo, depois outro, e um gemido soltou-se e soltou-me daquela angustia que me continha, que me detinha de sentir aquele prazer, só meu, que nem sei como começou, mas que senti como deliciosamente  tinha acabado. Sim, pensei em ti. Desejei a tua presença. Agora que estava acordada, será que era contigo que sonhava?
Descansei, sentia-me ofegante mas satisfeita. Voltei-me e adormeci.
Queria voltar aquele sonho ….


 


 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (7)
Segunda-feira, 25 de Junho de 2007

Time, like it is...

Gosto de aguardar pelo momento propício, pelo momento certo para actuar. Em tempos não fui assim, sempre fui impulsiva e não quanto baste, bastante acima da média, sempre me atirei de cabeça para as coisas, os resultados nem sempre eram os melhores, mas também não me posso queixar. J J J

A idade, sim porque a idade ensina-nos muita coisa, apesar de acharmos que a idade parte apenas da mentalidade de cada um, mas as experiências que se tem durante a vida e para isso precisamos de deixar passar o tempo, dão-nos alguma sabedoria, um “savoir faire” que apenas ganhamos com isso mesmo, com o tempo, aquele que chega sem a nossa vontade, e quando damos por isso já lá vai o época em que nos era permitido tudo em criança, em que a adolescência já se sucedeu e já somos o que sempre desprezamos como adolescentes, adultos. É ténue a passagem, nem nos apercebemos realmente dela, apenas me lembro de constatar que diariamente já não me tratavam de igual para igual, e isso chocou-me, no bom sentido, mas a verdade é que já não era a garota, que apesar de já ter as responsabilidades como qualquer adulto, ainda gostava de ser menina, e ser tratada como tal.

Hoje em dia, sei que ganhei em experiência, melhorei o meu relacionamento com os outros, tenho a paciência e a sensatez que nunca tive.

Todas as fases da nossa vida são importantes, e o que realmente é relevante é tirar-mos o máximo partido de todas elas.

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (8)
Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Big Smile

Muitas pessoas perguntam-me como posso estar sorridente logo pela manhã, como estou sempre bem disposta e qual a receita para que tal aconteça.

Sempre achei e vou continuar a achar que um sorriso abre muitas portas, que um sorriso no rosto  torna a nossa vida mais facil, e que vai trazer uma mudança em alguém, um olhar diferente sobre o que o rodeia, e por vezes mudanças drásticas, as atitudes estão em constante mutação e quando sorrio, sei que esta prestes a acontecer mais uma. Poderia dizer que esta minha atitude depende de terceiros, mas não o vou dizer, porque por Natureza sou optimista, encaro a vida de frente, e não dependo de ninguém, para que pense sempre dessa forma. Gosto de pensar que me sinto forte, capaz de enfrentar tudo quando necessário, todas as adversidades da vida, todas as contrariedades que possam advir. Que enfrento todas as tempestades, todos os obstáculos que se coloquem no meu caminho, e sei que será sempre assim pois não consigo conceber a minha vida, sem o espírito de luta que me acompanha diariamente, as vezes em pequenas coisas, outras tantas muito mais relevantes, e também mais dolorosas, mas que nunca baixei os braços por mais de algumas horas, talvez as necessárias para tornar-me forte, recuperar energias para uma nova batalha. Cada meta alcançada é uma vitória, e sei sempre que arranjo uma solução. Sei por dentro, sei para mim. É o que me basta. É o que me faz atirar de cabeça para todas as situações e ultrapassa-las.

E o que não me faz desistir, e sei que se um dia não pensar desta forma, deixo de existir, deixo de ser quem sou…

Portanto, vou continuar a sorrir. Porque sorrir é o meu lema.

 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (15)
Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

Destaque


É sempre gratificante quando se é reconhecido... 

Um bem haja ao Felino  por este destaque e espero que atrás deste venham muitos mais!

Ahahahhaha....

(Quem confessa a verdade não mereçe castigo, certo???)


 

Quero deixar também os meus agradecimentos ao Webmaster pelo convite aqui deixado, que voces podem reparar no comentário feito ao post Amanhecer   mas a minha escrita é mais em jeito de prosa, no entanto sinto-me lisonjeada pela sua opinião quanto a esta pagina. Um bem-haja também para si.


 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (2)
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Pensamento...

 

O caminho de cada um de nós é feito pelos próprios passos, mas a beleza da caminhada depende dos que vão connosco.

 

 


Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (8)

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Categorias

amigos(1)

aniversário(1)

ano novo(1)

contos(50)

dedicação(1)

desafios(2)

diário(74)

memórias(5)

musicas(1)

nadas(1)

natal(1)

páscoa(1)

pensamentos(16)

pequenos nadas(3)

poesia(20)

prémios(2)

registos(7)

todas as tags

Protected by Copyscape Duplicate Content Protection Tool