Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Amanhecer...

Deleito-me com o acordar e sentir aquele alivio imenso daqueles dias que não tenho horário marcado para nada e que estou sozinha entregue a mim mesma, sem pressas, sem compromissos de qualquer espécie. Adoro acordar sem aquele frenesim, rodeada de lençóis macios que me cobrem o corpo descoberto e saber que posso despertar sem pressas, acordar devagarinho e saborear um pouco mais aquele acomodar lento ate me fartar de estar deitada. Sentir toda a cama apenas minha, sem partilhas, sem o quente de um corpo ao lado. Acaricio a minha pele, sinto o cheiro do gel do banho da noite passada, a pele macia, a frescura que dela imana…

Penso no que vou fazer daqui a umas horas, mas depressa desisto, pois não me apetece pensar, não me apetece planear, apenas sentir aquele momento.

Ouço a vida que desperta no exterior e enrolo-me mais ainda aos meus lençóis, sinto-me a dormitar naquela doce preguiça que me envolve, e no silencio que se respira do lado oposto da janela.

O dia acorda lá fora, os raios de luz teimam em trespassar as vidraças, mas não resisto a ficar mais um pouco…

A minha imaginação vai-te buscar para perto de mim...

Preciso de uma manhã assim. Apenas minha. Apenas contigo em pensamento…


Escrito por FlordeLis às 01:23
| Vossas memórias | Devaneios (6)
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

Onde me levas...

Experimento o pesar dos olhos. As pálpebras a calarem-se com a insistência de um cansaço que parece se ter instalado sem ter chamado pela sua presença. Adivinho o ar pesado que me circunda, a vida a parar em meu redor, (ou sou eu que estou parada?), mal consigo dar um passo sem cair naquele profundo abismo que me consome a alma. Que me fere como uma flecha. Que me toca no coração e afugenta o que de bom me invadia. A estrada afasta os meus sentidos e estados de alma que dispersam para longe dali. Ausentam-se a uma velocidade vertiginosa no sentido oposto, em direcção à paz que antes invadia o meu mundo. Hoje,tudo parece cinzento, perdido no tempo e no espaço. Nada me chama a atenção. Apenas uma estrada me leva todos os dias a um mesmo fim, a um mesmo tempo incerto. Nada parece ter algum sentido, todos os dias se tornaram iguais a tantos outros, hoje após o de ontem, o de amanhã após ao de hoje….

E assim me sinto. Mas não estou triste. Apenas fatigada.

Aguardo pelo desfecho deste final...

 

 

 


 

Aproveito para comunicar que a minha lista de links aumentou…  J  Boa semana

E vejam o livro que me acompanha em www.memoriasecretasii.blogs.sapo.pt .

 

 

Categorias:

Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (4)
Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

Uma questão de confiança...

 

As pessoas desiludem-nos. Diariamente. Esperamos delas o melhor, nunca o pior. Mesmo daqueles que até nem conhecemos muito bem, ate provavelmente de desconhecidos, porque só existem dois tipos de atitudes que possamos ter logo de início, o que terá sempre haver com a nossa experiência de vida até então. Ou desconfiamos à priori, ou ate vermos com os nossos próprios olhos fazemo-las a nossa imagem, esperamos sempre que as suas atitudes sejam dignas da nossa confiança. Algumas até, poríamos a nossa mão no fogo por elas. Acreditamos que aquelas pessoas nos vão querer sempre bem, e que independentemente de quem já nos avisou uma dezena de vezes sobre as atitudes desse mesmo indivíduo, continuamos a acreditar. Porque acreditar faz parte da nossa essência. Porque precisamos de confiar. Como se sabe nem sempre é assim, mas se for preciso caímos novamente no mesmo erro. Erro não. Não o considero, porque apesar de tudo continuo a acreditar no ser humano, e que nem todas as pessoas que ate hoje me desiludiram o fizeram por mal, ou com intenções de o fazer. Algumas sim, outras sei que não, mas a verdade é que não considero que sejamos todos iguais. O ser humano tem a capacidade de se corrigir quando erra e o reconhece perante si mesmo.

São tantos os motivos que levam as pessoas a trair a nossa confiança, apenas me custa a acreditar que a crueldade consiga superar a nossa própria natureza.


Escrito por FlordeLis às 00:00
| Vossas memórias | Devaneios (6)
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

II Desafio...

Confesso que esta semana não tive tempo para escrever um texto para por aqui hoje, mas deixo a resposta a mais um desafio lançado, desta vez pela Bianca…

Está aqui http://memoriasecretasii.blogs.sapo.pt/ .

Até breve.

 


Escrito por FlordeLis às 00:26
| Vossas memórias | Devaneios (1)
Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

Hoje...

Hoje apetece-me rever a sensação de voltar a ser livre.

Parar no tempo, fechar os olhos, voltar atrás e reviver. Reviver o que hoje me transcende, que trago em mim em forma de saudade. Apetece-me regressar ao passado e voltar a ser aquela menina - mulher, com um sorriso nos lábios, com aquele espírito e sensação de liberdade, com aquela fisionomia. Apetece-me voltar a sentir as sensações que me percorriam o sangue, em jeito de vida que adormeceu. Entreguei-me ao conformismo, a certezas, a vida tal como ela é. Para os demais. Não como a desejei, não como a sonhei. Apenas ao que parece mais normal, mais aceitável.  Envolvi-me em amarras que não sou capaz de soltar. Perdi-me, não sei bem em que momento, quando estabilidade era o mais importante, quando o desejo de paz era maior.

Apetecia-me ser outra vez aquela menina. Menina, mulher. Mas  fiel a si própria.

 

 

Ps. Aqui está um dos desafios que me lançaram, deem uma espreitadela... http://memoriasecretasii.blogs.sapo.pt/

 

 



Categorias:

Escrito por FlordeLis às 11:21
| Vossas memórias | Devaneios (7)

Memórias Passadas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Categorias

amigos(1)

aniversário(1)

ano novo(1)

contos(50)

dedicação(1)

desafios(2)

diário(74)

memórias(5)

musicas(1)

nadas(1)

natal(1)

páscoa(1)

pensamentos(16)

pequenos nadas(3)

poesia(20)

prémios(2)

registos(7)

todas as tags

Protected by Copyscape Duplicate Content Protection Tool